Texto para reflexão.

A PRESERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE NA EDUCAÇÃO INFANTIL

MARIA DAS GRAÇAS DE CASTRO GÍRIO Coordenadora pedagógica, diretora do Centro de Cultura, Educação e Cidadania JK e professora do colégio JK, em Brasília.

É preciso que a escola se proponha a trabalhar com atitudes, com formação de valores, com o ensino e a aprendizagem de habilidades e procedimentos.
Consideramos que a principal função do trabalho com o tema Meio Ambiente é contribuir para a formação de cidadãos conscientes, aptos para decidirem e atuarem na realidade socioambiental de um modo comprometido com a vida, com o bem estar de cada um e da sociedade, local e global.
Para isso é necessário mais do que informações e conceitos. É preciso que a escola se proponha a trabalhar com atitudes, com formação de valores, com o ensino e a aprendizagem de habilidades e procedimentos. E esse é um grande desafio para a educação. Comportamentos “ambientalmente corretos” serão aprendidos na prática do dia a dia na escola: gestos de solidariedade, hábitos de higiene pessoal e dos diversos ambientes, participação em pequenas negociações podem ser exemplos disso, de acordo com os parâmetros curriculares nacionais.
Acreditamos que a consciência ambiental e a conservação da natureza devem ser exercitadas não só pela sociedade, pelos outros, mas sim, e principalmente, por cada um de nós em nosso cotidiano.
Ao fazer a nossa parte em casa, no trabalho e mobilizando as pessoas que nos são próximas, estamos colaborando para um planeta mais saudável. Precisamos acreditar e entender que é possível construir um mundo melhor. A frase “A vida que a gente quer depende do que a gente faz”, de Daniel Faffer, presidente do Instituto Ecofuturo, nos desafia a fazer o melhor do que somos capazes, apesar das circunstâncias por muitas vezes impostas.
As escolas devem estimular as crianças a preservarem o meio ambiente,visando a sustentabilidade do planeta. Há  um grande número de pessoas preocupadas com o tema e buscando soluções viáveis. E cabe à família e à escola trabalharem com os pequenos no sentido de que todos somos responsáveis pelo meio ambiente e que precisamos rever os nossos hábitos, mesmo os mais inocentes, se quisermos viver num planeta saudável para todos os seres vivos.
Acreditamos ser imprescindível desenvolver projetos voltados para a Educação Ambiental nas turmas de educação infantil. Para as crianças de 4 e 5 anos, elegemos, este ano, o recorte “preservação” com o foco na sustentabilidade do planeta, como tema de estudo para o ano de 2010. Quanto mais cedo o tema for abordado com as crianças, maiores as chances rumo à mudança de postura em relação a preservação do meio ambiente, por um planeta melhor.
É fundamental:
Envolver as crianças em questões sobre o meio ambiente, com criatividade e sensibilidade, para que se percebam como elemento importante de transformação onde cada um é responsável e pode fazer a sua parte para que possamos viver num mundo melhor, mais saudável.
Proporcionar às crianças vivências enriquecedoras, a partir da mediação das suas educadoras que os orientam de forma sistemática a observar, experimentar, pesquisar, comparar, relacionar, formular, relatar, enfim, construir conhecimentos significativos despertando o sentido de cuidar para não faltar, interessar-se por ações que preservem o meio ambiente, por meio de experiências.
Vivenciar, por meio da prática, experiências que ampliam o conhecimento sobre temas trabalhados em sala de aula, faz com que a criança participe do processo de aprendizagem de uma forma mais dinâmica e prazerosa.
Possibilitar vivências para que a criança sinta a necessidade de cuidar bem do meio ambiente. E não basta que a criança aprenda a importância de preservar o meio ambiente, é necessário que ela tome como exemplo as atitudes dos adultos de seu convívio como educadores e familiares.
Falar de educação ambiental é falar de hábitos e atitudes, de conduta ética condizentes ao exercício da cidadania.
Faz-se necessário que todo trabalho conte com a parceria da família, a tarefa é de todos e deve começar pelas atitudes mais simples do dia a dia: pela nossa casa, pela escola, pela cidade.
É também em casa que deve ser colocado em prática o que foi aprendido em sala de aula. A educação escolar deve ser estendida para o âmbito familiar, para que ocorra continuidade do aprendizado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário